Ferramentas

CONTAINERS

STANDARD


  Standard 20' Standard 40'
Cubagem (m³) 33,0 67,3
Carga (kg) 21.920 26.930
Tara (kg) 2.800 3.550
Peso Máximo (kg) 24.000 30.480
  Externo Interno Externo Interno
Comprimento (m) 6.06 5.91 12.19 12.05
Largura (m) 2.43 2.34 2.43 2.28
Altura (m) 2.59 2.27 2.59 2.38
Tamanho da Porta:
Altura (m) 2.27   2.27  
Largura (m) 2.28   2.28  

HIGH CUBE


Hi-Cube Container 40'
  9'6" SUPER HI-CUBE
Cubagem (m³) 75,9
Carga (kg) 26.330
Tara (kg) 4.150
  Externo Interno
Comprimento (m) 12.19 12.00
Largura (m) 2.44 2.33
Altura (m) 2.89 2.65
Tamanho da Porta:
Altura (m) 2.56  
Largura (m) 2.28  

OPEN TOP


  Open Top 20' Open Top 40'
  8'6" STANDARD 8'6" STANDARD
Cubagem (m³) 32,6 66,7
Carga (kg) 21.700 26.530
Tara (kg) 2.300 3.950
  Externo Interno Externo Interno
Comprimento (m) 6.06 5.88 12.19 12.01
Largura (m) 2.44 2.33 2.44 2.33
Altura (m) 2.59 2.31 2.59 2.31
Tamanho da Porta:
Altura (m) 2.28   2.28  
Largura (m) 2.33   2.33  

FLAT RACK


  Flat Rack 20' Flat Rack 40'
Cubagem (m³) 28,9 67,0
Carga (kg) 22.555 39.820
Tara (kg) 2.845 5.180
  Externo Interno Externo Interno
Comprimento (m) 6.06 5.70 12.19 11.82
Largura (m) 2.44 2.44 2.44 2.15
Altura (m) 2.59 2.33 2.59 2.09

PLATAFORMA


  Plataforma 20' Plataforma 40'
Carga (kg) 23.460 26.260
Tara (kg) 1.940 4.220
Comprimento (m) 6.06 12.19
Largura (m) 2.44 2.44
Altura (m) 0.23 0.65

REFRIGERADO


Refrigerado 20'
Cubagem (m³) 27,3
Carga (kg) 24.000
Tara (kg) 3.320
  Externo Interno
Largura (mm) 2.438 2.270
Comprimento (mm) 6.058 5.498
Altura (mm) 2.591 2.267
Abertura de Porta (mm)
Altura (mm) 2.220  
Largura (mm) 2.230  

GRANELEIRO


Graneleiro 20'
Cubagem (m³) 32,7
Carga (kg) 28.030
Tara (kg) 2.450
  Externo Interno
Comprimento (m) 6.05 5.83
Largura (m) 2.43 2.36
Altura (m) 2.59 2.37
Abertura Frontal
Altura (mm) 500  
Largura (mm) 2.114  
Abertura Traseira
Altura (mm) 300  
Largura (mm) 280  
Escotilhas de teto
500 mm de diâmetro

VENTILADO


Ventilado 20'
Cubagem (m³) 32,6
Carga (kg) 21.350
Tara (kg) 2.650
Peso Máximo (kg) 24.000
  Externo Interno
Largura (m) 2.44 2.32
Comprimento (m) 6.06 2.59
Altura (m) 2.59 2.36
Abertura de Porta (m)
Altura 1.00  
Largura 9.00  

TANQUE


Tanque 20'
Comprimento (m) 6.05
Largura (m) 2.44
Altura (m) 2.59

CONVERSÃO

Comprimento
 
Volume
 
Massa
 
Temperatura
 

INCOTERMS

EXW – Ex Works


O produto e a fatura devem estar à disposição do importador no estabelecimento do exportador. Todas as despesas e quaisquer perdas e danos a partir da entrega da mercadoria, inclusive o despacho da mercadoria para o exterior, são da responsabilidade do importador. Quando solicitado, o exportador deverá prestar ao importador assistência na obtenção de documentos para o despacho do produto. Esta modalidade pode ser utilizada com relação a qualquer via de transporte.


F de Free (Transporte Principal não Pago Pelo Exportador)

FCA – Free Carrier

O exportador entrega as mercadorias, desembaraçadas para exportação, à custódia do transportador, no local indicado pelo importador, cessando aí todas as responsabilidades do exportador. Essa condição pode ser utilizada em qualquer tipo de transporte, inclusive o multimodal.

FAS – Free Alongside Ship


As obrigações do exportador encerram-se ao colocar a mercadoria, já desembaraçada para exportação, no cais, livre junto ao costado do navio. A partir desse momento, o importador assume todos os riscos, devendo pagar inclusive as despesas de colocação da mercadoria dentro do navio. O termo é utilizado para transporte marítimo ou hidroviário interior.

FOB – Free on Board


O exportador deve entregar a mercadoria, desembaraçada, a bordo do navio indicado pelo importador, no porto de embarque. Esta modalidade é válida para o transporte marítimo ou hidroviário interior. Todas as despesas, até o momento em que o produto é colocado a bordo do veículo transportador, são da responsabilidade do exportador. Ao importador cabem as despesas e os riscos de perda ou dano do produto a partir do momento que este transpuser a amurada do navio.


C de Cost ou Carriage (Transporte Principal Pago Pelo Exportador)

CFR – Cost and Freight

O exportador deve entregar a mercadoria no porto de destino escolhido pelo importador. As despesas de transporte ficam, portanto, a cargo do exportador. O importador deve arcar com as despesas de seguro e de desembarque da mercadoria. A utilização desse termo obriga o exportador a desembaraçar a mercadoria para exportação e utilizar apenas o transporte marítimo ou hidroviário interior.

CIF – Cost, Insurance and Freight


Modalidade equivalente ao CFR, com a diferença de que as despesas de seguro ficam a cargo do exportador. O exportador deve entregar a mercadoria a bordo do navio, no porto de embarque, com frete e seguro pagos. A responsabilidade do exportador cessa no momento em que o produto cruza a amurada do navio no porto de destino. Esta modalidade só pode ser utilizada para transporte marítimo ou hidroviário interior.

CPT – Carriage Paid to…


Similarmente ao termo CFR, esta condição estipula que o exportador deverá pagar as despesas de embarque da mercadoria e seu frete internacional até o local de destino designado. Dessa forma, o risco de perda ou dano dos bens, assim como quaisquer aumentos de custos são transferidos do exportador para o importador, quando as mercadorias forem entregues à custódia do transportador. Este INCOTERM pode ser utilizado com relação a qualquer meio de transporte.

CIP – Carriage and Insurance Paid to…


Adota princípio semelhante ao CPT. O exportador, além de pagar as despesas de embarque da mercadoria e do frete até o local de destino, também arca com as despesas do seguro de transporte da mercadoria até o local de destino indicado. O CIP pode ser utilizado com qualquer modalidade de transporte, inclusive multimodal.


D de Delivery (Chegada – Máxima obrigação para o exportador)


DAT – Delivered At Terminal


Este novo termo foi inserido, praticamente em substituição ao DEQ e similarmente ao termo extinto, estabelece que as mercadorias podem ser colocadas à disposição do comprador (importador), não desembaraçadas para importação, num terminal portuário e introduz a possibilidade de que as mercadorias possam ser também ser dispostas ao comprador (importador) em um outro terminal, fora do porto de destino.

DAP – Delivered At Place


Este novo termo foi introduzido em substituição aos termos DAF, DES e DDU. Com sua aplicação, as mercadorias poderão ser postas à disposição do comprador (importador)no porto de destino designado, ainda no interior do navio transportador e antes do desembaraço para importação, como já ocorria com o termo DES, ou ainda, em qualquer outro local, como ocorria com os termos DAF, em que a entrega dar-se-ia na fronteira designada e DDU, em que a entrega seria realizada em algum local designado pelo próprio comprador (importador), todavia, em quaisquer dos casos, antes do desembaraço das mercadorias para importação.

DDP – Delivered Duty Paid


O exportador assume o compromisso de entregar a mercadoria, desembaraçada para importação, no local designado pelo importador, pagando todas as despesas, inclusive impostos e outros encargos de importação. Não é de responsabilidade do exportador, porém, o desembarque da mercadoria. O exportador é responsável também pelo frete interno do local de desembarque até o local designado pelo importador. Este termo pode ser utilizado com qualquer modalidade de transporte. Trata-se do INCOTERM que estabelece o maior grau de compromissos para o exportador.

PARIDADE CAMBIAL PARA NACIONALIZAÇÃO EM

Código Sigla Nome Taxa